10 regras desatualizadas de design de cozinha que você pode e deve quebrar

Regras desatualizadas de design de cozinha, que antes pareciam inquebráveis, agora parecem sufocantes e restritivas. Já se foi o tempo em que tínhamos que seguir as regras da cozinha que ditavam a aparência e a cor da cozinha. Regras que garantem uniformidade de acabamentos, layouts padronizados e cores específicas estão dando lugar a uma abordagem mais personalizada. Os designs modernos de cozinhas celebram a individualidade ao incorporar materiais ecléticos, arranjos assimétricos e paletas de cores mais ousadas.

Espaços funcionais como cozinhas valorizam a versatilidade e a adaptabilidade em vez da adesão estrita à tradição. Conhecer regras desatualizadas de design de cozinha pode ajudá-lo a se libertar e a criar um espaço que incentiva a criatividade e a experimentação.

Todos nós queremos um design de cozinha que seja distinto da nossa casa e do nosso estilo, mas todos estão suscetíveis às tendências de estilo que podem influenciar as nossas decisões. Muitas de nossas ideias de design de cozinha estão desatualizadas, então é hora de adotar uma nova abordagem. Quebrar essas regras ultrapassadas permite mais criatividade e personalização no design da cozinha, refletindo seu estilo e preferências individuais.


Projete o layout usando o triângulo de trabalho da cozinha

Projete o layout usando o triângulo de trabalho da cozinha
Smith & Vansant Arquitetos PC

O triângulo de trabalho da cozinha é um conceito de design de cozinha que se originou na década de 1940. Este conceito afirmava que as três áreas de trabalho principais, pia, fogão e geladeira, deveriam ser projetadas em uma configuração triangular e mantidas próximas umas das outras para maximizar a eficiência do espaço.

Embora o triângulo do trabalho na cozinha continue sendo um conceito importante, ele está desatualizado por vários motivos. Em primeiro lugar, a cozinha moderna serve mais do que apenas um espaço de trabalho. É um centro movimentado da casa e acomoda muitas atividades não culinárias. Em segundo lugar, este design pode dificultar a criatividade e a flexibilidade no design da cozinha. Finalmente, à medida que os aparelhos de cozinha evoluem e novas inovações culinárias são introduzidas, esta abordagem tornou-se menos útil.


Todas as cozinhas devem ter uma ilha

Todas as cozinhas devem ter uma ilha
Teri Fotheringham Fotografia

A necessidade de ilhas de cozinha desperta um debate acalorado entre os profissionais de design de cozinhas. Quase ninguém contesta a utilidade das ilhas de cozinha; proporcionam um excelente espaço para preparar e comer alimentos, bem como um local para esconder aparelhos desagradáveis, como máquinas de lavar louça e micro-ondas.

No entanto, muitos designers desejam criar cozinhas que sejam mais adaptáveis ​​aos espaços modernos e às preferências estéticas. As ilhas de cozinha funcionam bem em cozinhas grandes, mas são menos úteis em cozinhas pequenas ou com bastante espaço na bancada. Alguns proprietários estão optando por ilhas de cozinha pequenas ou móveis, mesas de cozinha ou penínsulas de bancada para ocupar o que costumava ser o espaço de uma ilha de cozinha fixa.


Sempre use a altura padrão do balcão

Sempre use a altura padrão do balcão
Arquitetura Clima

Altura padrão do balcão tem 36 polegadas, que é uma combinação da altura das bancadas e armários. Embora exista um caso para usar a altura padrão do balcão, como para revenda ou consistência de design, algumas pessoas preferem desviar-se desta regra comum de design de cozinha por razões estéticas ou ergonômicas.

Se você for significativamente mais baixo ou mais alto que a média, convém instalar bancadas mais baixas ou mais altas. Isso tornará o preparo dos alimentos mais confortável, potencialmente evitando problemas físicos futuros. Uma altura de bancada exclusiva também pode funcionar melhor para o seu espaço se a sua cozinha atender a várias gerações, incluindo crianças ou avós. Personalizar a altura da sua bancada reconhece que não existe um tamanho único quando se trata de projetar uma cozinha funcional.


Evite misturar metais

Evite misturar metais
Martha O’Hara Interiores

Usar um tipo de metal consistente na cozinha para elementos como ferragens, iluminação e encanamentos já foi considerado a chave para a harmonia visual. Os designers estão abandonando essa abordagem em favor da combinação de metais para criar um design de cozinha mais eclético e em camadas. A mistura de cores metálicas como latão, níquel, ouro e cromo pode adicionar personalidade e profundidade a alguns designs de cozinha, quebrando a monotonia. É uma técnica para destacar elementos visuais específicos e, ao mesmo tempo, permitir que outros forneçam interesse de fundo.

A chave para misturar metais na cozinha requer uma abordagem cuidadosa e deliberada. Use pares complementares que funcionem bem juntos, como latão e níquel ou preto fosco com cromo. Considere as proporções e distribuição dos metais por todo o espaço para garantir que você está destacando as características que deseja elevar no ambiente.


Maximize o armazenamento do seu gabinete superior

Maximize o armazenamento do seu gabinete superior
Casas personalizadas Thompson

Os especialistas em cozinha elogiam constantemente os benefícios do armazenamento em armários para tornar sua cozinha mais coesa e organizada. Os armários são inquestionavelmente importantes na cozinha, mas também podem fazer com que o espaço pareça apertado e fechado.

Em vez de usar armários superiores, muitos designers e proprietários estão optando por substituir certas seções dos armários por prateleiras abertas. Algumas pessoas não gostam de armários abertos porque tendem a acumular poeira e sujeira, mas isso não precisa ser um elemento de design do tipo tudo ou nada. Algumas prateleiras abertas no lugar de armários fechados podem tornar a cozinha mais espaçosa e acolhedora. Isso pode fornecer a você um local privilegiado para exibir uma coleção de belos pratos ou copos que, de outra forma, ficariam no escuro.

Outras pessoas ficam sem armários ou prateleiras em cima. Isso funciona bem em cozinhas grandes que possuem armazenamento inferior adequado, eliminando a necessidade de armazenamento superior. As cozinhas ecléticas são mais adequadas para esta abordagem, assim como aquelas com grandes janelas ou outras características arquitetônicas que dificultam a acomodação do armazenamento superior.


Evite cores ousadas na cozinha

Projete o layout usando o triângulo de trabalho da cozinha

Historicamente, as cozinhas foram concebidas com cores claras e neutras, conferindo-lhes um aspecto mais clássico e intemporal. A lógica desta abordagem é inegável, mas não deve ser aplicada universalmente porque os gostos de todos não são iguais. Evitar cores fortes limita a expressão criativa e as oportunidades de personalização. Ele também não reconhece como as cores podem ajudar a criar um clima e uma atmosfera específicos, ao mesmo tempo que servem como parte integrante do design geral da sua casa.

Há um interesse crescente em usar cores vibrantes em toda a casa, inclusive na cozinha. As paredes, o teto, os armários e os acabamentos da cozinha são superfícies excelentes para experimentar cores ousadas. Usar cores brilhantes pode ajudá-lo a expressar sua personalidade e criar uma atmosfera mais convidativa para cozinhar, jantar e se divertir.


Nunca projete uma cozinha de galé

Nunca projete uma cozinha de galé
Mosaico Design e Remodelação

Cozinhas de galé tiveram seus detratores por muitos anos. As cozinhas galera tornaram-se comuns em meados do século 20 e caracterizavam-se por seu layout longo e estreito, com bancadas, armários e eletrodomésticos dispostos ao longo de duas paredes opostas. Embora já tenham sido relegadas à história das ideias de cozinha desatualizadas, as cozinhas de galé estão mais uma vez se tornando populares em certos tipos de casas.

As cozinhas tipo galé são ideais para determinados layouts residenciais devido ao uso eficiente do espaço. As cozinhas tipo galé funcionam bem em casas pequenas com espaço limitado. Estas cozinhas proporcionam uma experiência culinária íntima e acolhedora, adequada para famílias pequenas. Esses layouts de cozinha são pequenos o suficiente para permitir ao usuário personalizar a aparência e o design da cozinha sem ter que investir tanto quanto em espaços maiores de cozinha.


Nunca bloqueie o Windows

Nunca bloqueie o Windows
Jennifer Ashton, ASID Aliada

Existe uma regra geral de design que determina que você nunca deve bloquear janelas, e essa é fácil de entender. Afinal, maximizar a luz natural é vital nos espaços interiores. Esta é uma regra que às vezes você pode quebrar, mas vale a pena proceder com cautela. Alguns proprietários estão estendendo prateleiras abertas sobre as janelas. Isso funciona bem como uma forma de maximizar o armazenamento superior sem sacrificar muita luz natural. Opte por prateleiras estreitas e organizadas para criar um design eficaz e natural.


Não use cores escuras

Não use cores escuras
Wise Design e Remodelação LLC

Muitos proprietários e designers preferem cores claras e brilhantes no design da cozinha para amplificar a luz natural e criar uma atmosfera alegre e acolhedora. Embora esta abordagem de design seja eficaz para muitas pessoas, não é adequada para todos. Esta abordagem não reconhece que algumas casas funcionam melhor com cores escuras e temperamentais que complementam a paleta geral de cores da casa.

As cores escuras aumentam a profundidade, o drama e a sofisticação dos espaços interiores. Eles adicionam um visual inesperado às cozinhas, tornando-as surpreendentes e únicas. Ao contrário da crença popular, as cores escuras não fazem os quartos parecerem menores; em vez disso, eles podem melhorar as proporções percebidas de uma sala. As cores escuras também são um excelente cenário para destacar elementos de design específicos ou ferragens brilhantes, o que pode ajudar a tornar a sua cozinha mais personalizada. Tons escuros de azul e verde são especialmente populares hoje em dia, mas outras cores, como marrom e preto, estão se tornando mais comuns.


Sempre combine suas superfícies

Sempre combine suas superfícies
arquitetura risa boyer

O uso de superfícies correspondentes, como bancadas, armários, ferragens e cores, já foi considerado uma maneira segura de criar um espaço de cozinha coeso e harmonioso. Essa abordagem funciona bem em cozinhas pequenas ou de estilo moderno, mas pode ser modificada em designs de cozinhas grandes e mais ecléticos.

Camadas de diferentes cores e materiais podem ajudar a dar à sua cozinha uma aparência mais dinâmica. Diferentes elementos estão sendo adaptados pelos designers para usos específicos, como a introdução de uma variedade de luminárias para facilitar o trabalho em vários espaços da cozinha ou o emprego de diferentes materiais de bancada em toda a cozinha para fins específicos.

Leave a Comment